Província
São Lourenço
de Brindes
Freis Capuchinhos do Paraná e Santa Catarina

CÚRIA PROVINCIAL:
Rua Alcides Munhoz, 190 - Caixa Postal: 18.833 - CEP 80410-980 - Curitiba, PR
Tel.: (41) 3335 2323 / Fax: (41) 3335 1087

História da província

Província São Lourenço de Brindes

A nossa Missão é esta:

“Ser testemunho de vida fraterna e minorítica, penitente e contemplativa, vivendo e anunciando profeticamente Jesus Cristo e seu Evangelho, atentos aos sinais dos tempos e aos clamores dos excluí­dos, em comunhão eclesial, para edificar o Reino de Deus no Paraná e Santa Catarina”.

Um pouco de nossa história no Paraná e Santa Catarina

Missionários ambulantes

Foto de Frei Timóteo de CastelnuovoFrei Timóteo de Castelnuovo foi o primeiro capuchinho am­bulante no Estado do Paraná. Chegou em Jataí-PR aos 16 de dezembro de 1854, onze anos após o Decreto do Governo que autorizava a entrada, no Brasil, de missionários católicos para evangelizar os índios. Mais tarde, outros capuchinhos seguiram seu exemplo, colocando-se ao serviço dos bispos da região para atender os índios e o povo em geral. Quando esse grupo de capuchinhos faleceu, o Estado do Paraná permaneceu por bom espaço sem a presença de missionários capuchinhos.

Nova missão capuchinha

Após negociações entre o bispo de Curitiba (Dom João Francisco Braga) com os superiores gerais dos Capuchinhos em Roma efrei3 com os superiores da Província de Veneza (Itália), em 1919 foi destacado um grupo de qua­tro capuchinhos para ajudarem a Diocese de Curitiba, inici­ando uma nova presença capuchinha bem organizada e não mais ambulante. O grupo era formado por estes capuchinhos: frei Ricardo de Vescovana (superior), frei Angélico de Ênego, frei Teófilo de Thiene e frei Maximiliano de Ênego.

frei4Após longa viagem de navio, permaneceram certo tempo com os capuchinhos do Rio de Janeiro e de São Paulo. Aos 20 de janeiro de 1919, os freis Ricardo de Vescovana e Teófilo de Thiene chegaram em Curitiba e logo foram incumbidos, pelo bispo de Curitiba, de atividades apostólicas e aos 28 de janei­ro de 1919, o frei Angélico de Ênego e frei Maximiliano de Ênego chegaram em Jaguariaíva-PR para atividades missionárias.

As primeiras casas

As primeiras casas que receberam foram em Cerro Azul, Jaguariaíva e Curitiba. Aos 23 de novembro de 1923, foi ini­ciada a construção do primeiro convento no bairro das Mer­cês, Curitiba, onde também foi instalado o primeiro seminá­rio aos 2 de fevereiro de 1930. Nesses primeiros anos, os capuchinhos assumiram atividades apostólicas em Jacarezinho, Santo Antônio da Platina, Tomazina, Siqueira Campos e em muitos outros lugares, todos situados no Nor­te Pioneiro do Paraná.

Abertura do seminário

O seminário provisório, para receber vocacionados, foi aberto no convento de Curitiba aos 2 de fevereiro de 1930. Ao mesmo tempo, começou a construção do primeiro semi­nário em Butiatuba, município de Almirante Tamandaré-PR. Feita a construção, aos 5 de janeiro de 1935 abria-se o pri­meiro seminário em Butiatuba e, nesse mesmo ano, foi ini­ciado o noviciado no convento das Mercês. No entanto, o primeiro noviço da Província foi fr. Francisco Panzarini que, faleceu aos 95 anos de idade, no convento das Mercês, em Curitiba-PR.

Em Santa Catarina

Enquanto se alargava o campo apostólico no Estado do Paraná, aos 26 de junho de 1936, dois capuchinhos chega­vam em Capinzal, fundando a primeira casa no Estado de Santa Catarina.

A Missão cresce

Com a vinda de novos grupos missionários da Província de Veneza (Itália) e com os vocacionados nativos, a Missão foi elevada a Custódia provincial (30.04.1937), a Comissariado provincial (20.12.1957) e, finalmente, a Pro­víncia regular da Ordem Capuchinha aos 09 de novembro de 1969.

Expansão

Desde 1920, os capuchinhos atenderam e atendem mui­tas localidades e paróquias nos Estados do Paraná e Santa Catarina. Note-se que, no Paraná, quase todo o Norte Pio­neiro do Estado era atendido pelos capuchinhos. Muitas das antigas capelas cresceram e hoje são paróquias.

Missão no Paraguai

Com o crescimento natural da Província, pensou-se em iniciar um trabalho missionário. Após algumas ajudas à mis­são capuchinha do Amazonas, a Província decidiu abrir uma frente missionária no Paraguai. A primeira viagem de son­dagem a este país deu-se aos 04 de janeiro de 1987, com a presença do então Ministro Provincial fr. João Daniel Lovato. O primeiro frade, com obediência missionária (8.3.1987) ao Paraguai, foi fr. Joemar Varassin Hohmann. A primeira fraternidade foi instalada em Assunção, no bairro Nossa Senhora da Assunção, com a presença do Ministro Geral frei Flávio Roberto Carraro. Apesar das dificuldades iniciais, a presen­ça capuchinha da Província no Paraguai atualmente está se organizando bem, com boa pastoral vocacional, tendo 5 fraternidades constituídas.

Capuchinhos no Paraná, Santa Catarina e Paraguai

Os Capuchinhos

Os Capuchinhos da Província São Lourenço de Brindes desejam apresentar-se à Igreja e ao povo de Deus como fraternidade de irmãos menores e penitentes, alegres, fra­ternos, simples e orantes.

As fraternidades

As fraternidades, onde vivem os capuchinhos, apresen­tam estes pré-requisitos: presença de 03 a 07 freis, com o Guardião (o superior),

Capítulo local (reuniões dos freis) e, como método, o diálogo e a participação.

Apostolado

As principais características do apostolado dos freis capuchinhos resumem-se nas seguintes:

  1. viver no mundo a vida evangélica na verdade, na sim­plicidade e na alegria;
  2. não ter medo de anunciar a conversão à justiça e o dever de proporcionar a paz às pessoas que ocupam luga­res de poder ou que governam os povos;
  3. ter a liberdade de entregar-se a qualquer atividade apostólica, desde que seja de acordo com sua forma de vida e corresponda às necessidades da Igreja.

Fraternidades/residências dos capuchinhos Os Capuchinhos da Província São Lourenço de Brindes vivem e trabalham nas seguintes fraternidades/paróquias ou residências

Paraná

Paróquia Nossa Senhora da Conceição :: Almirante Tamandaré

Casa de Retiro Santo Antônio :: Almirante Tamandaré

Paróquia Nossa Senhora da Salette :: Cap. Leônidas Marques

Paróquia São José Operário :: Céu Azul

Paróquia Nossa Senhora de Fátima :: Cruzeiro do Oeste

Cúria Provincial :: Curitiba

Casa de Oração Santa Maria dos Anjos :: Curitiba-PR

Convento Nossa Senhora das Mercês :: Curitiba

Paróquia Nossa Senhora das Mercês :: Curitiba

Paróquia N. Sra. da Luz :: Curitiba

Santuário São Leopoldo :: Curitiba

Paróquia São Francisco de Assis :: Foz do Iguaçu

Paróquia Nossa Senhora Aparecida :: Londrina

Convento Santa Clara :: Londrina

Convento Bom Jesus :: Ponta Grossa

Paróquia Imaculada Conceição :: Ponta Grossa

Paróquia Senhor Bom Jesus :: Ponta Grossa

Equipe Missionária :: Ponta Grossa

Centro Vocacional :: Ponta Grossa

Artigos Religiosos Luz de Maria :: Ponta Grossa

Centro Histórico :: Ponta Grossa

Santuário Senhor Bom Jesus da Cana Verde :: Siqueira Campos

Paróquia Divino Espírito Santo :: Siqueira Campos

Paróquia São Francisco de Assis :: Umuarama

Santa Catarina

Paróquia Nossa Senhora do Caravaggio :: Agronômica

Paróquia São Paulo Apóstolo :: Capinzal

Paróquia Santíssima Trindade :: Florianópolis

Paróquia Divino Espírito Santo :: Rio do Sul

Casa de Lazer :: Itapoá

Noviciado São Francisco de Assis :: Joinville

Paróquia Santo Antônio :: Laurentino

Paróquia Nossa Senhora da Consolata :: Rio do Oeste

Paróquia São Lourenço Mártir :: São Lourenço d’Oeste

Endereço postal CÚRIA PROVINCIAL Rua Alcides Munhoz, 190 Caixa postal: 18.833 80410-980 – CURITIBA – PR Tel: (41) 3335 2323 Fax: (41) 3335 1087


Publicações VEJA +
Enquete
Quais trechos da Bíblia você consulta mais?
Ver o resultado